A Batata Precisa de Você

A BATATA PRECISA DE VOCÊ!

A Batata Precisa de Você é formado por moradores e frequentadores do Largo da Batata e pessoas dispostas a transformar a Batata em um espaço de estar e não apenas de passagem. A Batata Precisa de Você vem fazendo essas ações regulares de ocupação do Largo e atividades de ativação desde janeiro de 2014, alcançando bons resultados de mobilização para a transformação do espaço. Nossos objetivos são fortalecer a relação afetiva da população local com o Largo da Batata; evidenciar o potencial de um espaço hoje ainda árido como local de convivência; testar possibilidades de ocupação e reivindicar infraestrutura permanente que melhore a qualidade do Largo como espaço público. É um exercício de democracia em escala local, um movimento de cidadania e concretização social e urbana. Uma maneira que as pessoas têm de se manifestar, de maneira inteligente e propositiva, por melhorias imediatas nas suas condições. A Batata Precisa de Você se propõe a ter um canal aberto de diálogo com os gestores públicos e debater os processos de uma gestão compartilhada entre cidadãos, associações e poder público. Hoje é visível a mudança de dinâmica da praça e como ela teve seus potenciais evidenciados, sendo melhor aproveitada pelos cidadãos, depois desses mais de 1 ano de ocupação. Nesse tempo de ocupação do Largo, às sextas-feiras, já aconteceram mais de uma centena de atividades, desde conversas sobre a memória do local, construção de bancos para a praça, jogos de rua, oficinas de bike, de jardinagem, de fotografia, saraus, intervenções artísticas, atrações musicais e muito mais. As iniciativas são propostas pelo grupo e também sugeridas por meio do calendário nesse site, em que qualquer interessado, sem curadoria, se inscreve. Também foi efetiva a proposta de tornar o Largo um laboratório metropolitano de mobiliário urbano, foram produzidos pelo grupo vários bancos in loco e outros mobiliarios foram doados ao Largo por simpatizantes da causa, como 6 bancos em metal e madeira, que foram chumbados em parceria com a Subprefeitura de Pinheiros, o Jardim Pop Up, da Designok, e uma cobertura feita de guarda-sóis, feita e doada pelo coletivo BijaRi. Além das ocupações às sextas-feiras, o intuito é de dar suporte para outras pessoas ou grupos que queiram propor atividades gratuitas e públicas no Largo da Batata em qualquer dia. O Largo da Batata é uma área muito rica em diversidade, um dos territórios habitados mais antigos de São Paulo, local de destino da imigração japonesa e migração nordestina, de forte tradição comercial, e que nos últimos anos tem passado por um processo de transformação. Formulada em 1997, na gestão do então prefeito Paulo Maluf, a Operação Urbana Faria Lima foi formatada para padronizar a área da Nova Faria Lima e do Mercado de Pinheiros até o Rio Pinheiros, incluindo o Largo da Batata, no padrão da Faria Lima, avenida sede de instituições corporativas e financeiras. Essa obra durou mais de 10 anos e o Largo foi aberto para utilização no ano passado, em 2013. Depois de mais de 150 milhões investidos, o Largo, antes um lugar vivo pelo intenso comércio ambulante e vida nas ruas, tinha se transformado em um deserto, sem árvores de porte que proporcionassem sombra nem nenhum mobiliário urbano além dos postes de ilumunação. Como é comum na cidade de São Paulo, era mais um espaço caracterizado pelo uso da passagem, e não considerado um lugar para se estar. É essa lógica que propomos reverter, transformando o Largo de novo em um espaço vivo, com qualidade de convivência. Transformar um não-lugar em um lugar.

 

www.facebook.com/abatataprecisadevoce